Governo apresenta Programa “Valorização Turística e Ambiental das Aldeias Rurais”

O Governo de Cabo Verde apresentou hoje, publicamente, em São Jorge dos Órgãos, o Programa “Valorização Turística e Ambiental das Aldeias Rurais”, que visa a diversificação da oferta turística, a melhoria do saneamento básico e o aumento do rendimento e da qualidade de vida da população no meio rural.

A ato foi presidida pelo Primeiro-Ministro, Dr. José Ulisses Correia e Silva, na presença dos Ministros do Turismo e Transportes, Dr.Carlos Santos, e da Agricultura e Ambiente, Dr.Gilberto Silva, presidentes das Câmaras Municipais do interior da ilha Santiago e várias instituições ligadas ao setor do turismo e ambiente.

O programa apresentado pelo Governo, prevê o investimento de 918.668.335 ECV (Novecentos e Dezoito Milhões, Seiscentos e Sessenta e Oito Mil, Trezentos e Trinta e Cinco Escudos) financiado através dos Fundos do Ambiente e do Turismo nos montantes de 501.969.381ECV (54,6%) e 416.698.954 ECV (45,4%), respetivamente, na requalificação ambiental e turística das aldeias rurais.

É uma viragem para as aldeias rurais, nas vertentes do ecoturismo e turismo rural e irá provocar uma mudança estrutural no desenvolvimento do país, combatendo os fenómenos como o êxodo rural e desemprego no seio das famílias que vivem no interior das ilhas, explorar as belezas das paisagens geográfica/humana/cultural, na vertente de empreendedorismo, com foco nos jovens e, por esta via, desconstruir a dicotomia urbano/rural, na sua lógica negativa tão presente na nossa realidade vivencial.

Este é o ponto de viragem, pois pela primeira vez, contou-se com a concentração de esforços de vários parceiros, Governo, Câmaras Municipais, setor privado, parceiros internacionais, organizações da sociedade civil e comunidades/aldeias, na construção de soluções desafiantes, ambiciosas, posicionando o turismo rural como complemento sustentável dos demais segmentos!

De abrangência nacional, o programa recai sobre as aldeias rurais nas ilhas de Santo Antão, São Nicolau, Maio, Santiago, Fogo e Brava e tem como um dos principais objetivos contribuir para a valorização ambiental e turística, através de arranjos paisagísticos, reabilitação das habitações e reforço do saneamento básico, fomento empresarial e ações de formação e sensibilização ambiental.

0
0
0
s2smodern
Image
O Fundo do Ambiente, designação vigente, é um Instituto público, aprovado pelo novo estatuto Decreto-lei nº 59/2020, de 5 de agosto

Contacto

Segunda - Sexta : 8:00 - 16:00
(+238) 2615 716|VoIP: (333) 8244
antonio.t.fernandes@maa.gov.cv

Newsletter

Subscreva no nosso newsletter.

Siga-nos

© 2021 Ministério de Agricultura e do Ambiente. Todos os direitos reservados.

Developed by IDEIA